sábado, 8 de fevereiro de 2014

Os Livros e o Magno Problema dos Marcadores


Não é bonito comprar um livro decente e ter de usar um marcador de alguma coisa da Margarida Rebelo Pinto ou das "Cinquenta Sombras de Grey" que é praticamente o que há nestas novas livrarias de centro comercial.
Para além de uma incoerência, é uma falta de decoro e obriga a uma certa clandestinidade, suficiente para impedir o simpático gesto de passar o livro para as mãos de alguém amigo que nos pergunte o que andamos a ler ou de o deixar à solta para que não possa ser raptado pela curiosidade alheia.
Ó editores garganeiros, vejam lá se começam a fazer marcadores de jeito!


Um comentário:

H Pimenta disse...

Em acordo absoluto!
Contudo, quem usa já esse objeto de museu? Calemo-nos ou ainda descobrem a nossa idade. H.