sábado, 1 de novembro de 2008

Falha Multicultural

A repórter da RTP Márcia Rodrigues, a tal que pôs um tchador para entrevistar o Embaixador do Irão, desta vez esqueceu-se de pôr, ao menos, uma pena na cabeça para entrevistar o Grande Chefe dos Índios Navajos no Novo Mèxico, a propósito das eleições americanas.
E, já agora, que raio de crise económica é esta em que não há na comunicação social portuguesa, " cão nem gato", que não seja enviado aos States para "cobrir" as Eleições.
Já dizia o meu pai que, nestas coisas, " a Ordem é rica e os frades são poucos", só que neste caso, são mesmo muitos e não deve haver "Ordem" que aguente.
Mas nós já estamos habituados a esta " Desordem criativa" e para alguns, bastante lucrativa.

4 comentários:

Jose Brás dos Santos disse...

Meu Caro Imank,

Estou de acordo, mas... O que é isso do "cão nem gato" quando comparado com um governante trucidador de funcionários públicos?

Saudações,
Brás dos Santos

imank disse...

Olá Brás:
A questão do "cão e do gato" denuncia um enorme provincianismo oportunista e "mamudo".
Saudações:
Tozé

Carlos Botelho disse...

A Márcia Rodrigues seria uma squaw loura. Hum...

imank disse...

Também foi uma "persa" invulgar, mas admito que o "tchador" a tornou mais atraente.
Aliás, é esse o efeito aparentemente paradoxal da "coisa" ou será que debaixo da capa do fundamentalismo temos o espírito de um Harun al-Rachid ?!