sábado, 26 de março de 2011

O cobarde do "Bichano" não tem emenda


O "Bichano" (filho do "Tareco") Sousa Tavares publica hoje, na sua página semanal do "Expresso", uma justificação, alega ter sido por "confusão mental", para o facto de ter multiplicado por 5 (escreveu 25 euros em vez de 5) a remuneração dos professores por classificarem (ele diz "corrigir") provas de exame. Porque é um serviço que nem todos têm, porque não é absolutamente verdade que tenham dispensa de outros serviços e porque o gajo é aldrabão e reiteradamente ordinário, aqui fica de novo o meu esclarecimento: "confusões mentais" destas são frequentes em quem tem os hábitos etílicos do "Bichano" (porque filho do "Tareco") Sousa Tavares - um biltre absolutamente desprezível que usa uma tribuna de luxo (aliás como o, mais sonso, Fernando "Padrinho") para denegrir, ele sim com ódio alarve (mais do que larvar), uma classe profissional que não ganha a vida no casino, nem no "Equador", mas a trabalhar no duro, enfrentando a realidade a que tipos como ele e os políticos a quem ele passa a mão pelo pêlo, trouxeram este desgraçado país, em que sempre pontificaram pseudo-marialvas como este manipanso.
E a ele que estranha que "gente como essa possa ser professor" e como ser professor não me capou e "quem não se sente, não é filho de boa gente", respondo questionando como podem gajos destes ser jornalistas.
E como chamas "cobarde" a toda a gente que não te atura, mas te furtas, nem que seja saindo pela porta dos fundos, a confrontar-te "em directo e ao vivo" com quem, legitimamente, te pede satisfações, aqui deixo, repetido, o meu repto:
Aparece e depois avalias-me, se não ficares ensinado será porque me chumbaste. Mas deixa-me dizer-te, oh traste, que tenho muitas dúvidas. Se quiseres tirá-las contacta-me - o email está no blog e escusas de vir com a do "anonimato", porque o meu nome está bem à vista!
E olha que eu só respondo por mim, não estou em nenhum blitz organizado (os alcoólicos costumam ter delírios paranóicos). Nojento e calunioso és tu, com o teu fel e o teu veneno mentiroso e mal parido.
Canalha!!!

2 comentários:

QYOZOU disse...

É assim mesmo que se fala. Nada de punhos de renda com esses sacripantas.

a Arrábida aqui tão perto disse...

Gostei, umas boas bengaladas vêm a calhar, para alguém que elevou o ego ao destruir dois ambientes paradisiacos em 500páginas de cordel.Ser bom escritor dá muito trabalho, largar larachas dá dinheiro e bebe-se o que os outros produzem, dele nada.
Parabéns, o meu apoio sem reservas, Tozé.